(1) Fotografije osobe R4wn



Em algum grau de consciência ela sentia o frio na pele,  os cabelos soltando-se do coque, e transpassando por seu rosto. Em algum lugar tinha consciência disso. Mas, ali, de olhos fechados, já não se preocupava mais com isso,  ou com como havia terminado aquilo. Na verdade era exatamente pela falta de preocupação que aquilo parecia "okay": calmo, pacifico. Não estava exatamente pensando sobre o depois, não precisaria lidar com aquilo, tudo acabaria... de um forma ou de outra... e ela poderia descansar, finalmente.