Ela estava sentada olhando o parque, crianças corriam alegremente jogando frisbee uma com as outras. Era uma linda tarde de primavera, a temperatura amena, perfeita para se deixar jogada na grama observando as pessoas. Algo tapou os olhos da jovem mulher, uma voz infantilmente doce invadiu lhe os ouvidos.
– Adivinha quem é? – perguntou divertindo-se.
– Hum... O Superman? – arriscou num leve sorriso , recebendo um murmúrio negativo. – Iroman?
– E nããão. Tá ruim de palpite.
– Aquaman?
Agora não só a risada da jovem pode ser ouvida, duas outras gargalhadas ecoaram ao fundo, divertindo-se com os chutes.
– Errou. É o Aquababy! – disse o garoto que usava uma capa e uma mascara verde agua dando a volta e pulando no colo da mãe enquanto o homem se sentava ao lado da jovem dando-lhe um beijo no pescoço.
– Nem foi um erro tão grande, você já é um homenzinho então pode ser sim meu Aquaman! – sentenciou a mulher fazendo cocegas em seu filho.
O garotinho sorriu e abraçando o pescoço da mãe e falando baixinho: – Mas ai papai vai ficar com ciúmes, ou pior virar o Aquancião!
Os dois riram complacentes e fitaram o rapaz que agora juntava-se a esposa para uma segunda rodada de cocegas no menino.

Por: Priscila M Santos (Lee_Pryh) 


Deixe um comentário