Na na na na na na na
We're all gonna get in a fight

So so what?
I'm still a rock star
I got my rock moves
And i don't need you
And guess what
I'm having more fun







TPM, que atire a primeira pedra a mulher que nunca teve uma. 
Anyway, estava eu aqui no meu surto ouvindo P!NK e pensando que geralmente é durante esses dias, em que nossos hormônios estão dançando ragatanga (-q) pelo nosso corpo de tão malucos que começamos a pensar em tudo que nos acontece, e que deixamos meio que de lado durante o restante do mês, eu pelo menos sou assim.
Das horas emos, ataques de fofura, e claro os ataques de FODA-SE, e momentos até gays de tanto surto. Seja pensando no que nos machuca, mimando os seres que amamos (como se eu já não fizesse isso normalmente até demais -q) e aqueles momentos em que temos uma DR, com amigos, namorados, maridos, filhos, o quer for. Eu sempre tenho crise emotiva depois de uma de ira mais okay. 
Seja como for, isso faz parte de nós, nos faz pensar nos problemas, e também algumas vezes ganhar colo, não minta sei que você gosta de colo tanto quanto eu! Nos deixa meio gays quando isso acontece porque ficamos bobas com demonstrações de afeto - eu pelo menos fico - e às vezes com raiva pela falta dela. 


E para as que ficam com raiva e querendo matar um por causa da cólica - maldita do inferno! - acho que ajuda lembrar-se de uma coisa, pense no seu futuro filho ou filha. Isso um dia vai valer a pena =]
Mas voltando ao assunto original que eu pensava quando dei o titulo, o momento foda-se, me desculpe pelo desabafo, mas é nesses momentos que fico p*** com as pessoas querendo me mudar, insistindo para que eu faça as coisas assim e não assado. Faça essa escolha e não aquela outra. Que escreva sei lá, cozido e não grelhado - essa foi tosca eu sei -q - É como uma amiga escreveu: “cada pessoa quer uma versão especifica de você”, mas no fim você é só uma, e não pode mudar porque alguém quer que você seja de um determinado jeito, e meio segundo depois ser outra totalmente diferente (tudo bem que eu sou bipolar³), mas tá passando do meu limite de mudança de personalidade...

Run just as fast as i can
To the middle of nowhere
To the middle of my frustrated fears
And i swear you're just like a pill
Instead of making me better
Keep making me ill
Keep making me ill

Bela musica essa da minha diva viu, tem horas que tenho vontade de fazer isso, não que eu não planeje me mudar pra looonge num futuro, mas tem hora que queria fazer isso tipo NOW, mas até lá vamos girando a roda da vida e explodindo as montanhas de problema com dinamite kkkk ok, estou meio violenta, isso que da ficar ouvindo as musicas citadas aqui, e  U + Ur Hand, também da P!nk ,Heads Will Roll da Marion Raven, e "ch ch ch ch ch cherry bomb" das The Runaways - Musicas perfas diga-se de passagem...

Mas o que quero dizer é... MEU DEIXE SER EU MESMA PORRA!  Se não gosta, sinto muito só existe essa Pryh, e tô cansada de mudar pra agradar... Sou assim, acostume-se!

Enfim, vou me calar por aqui, sorry o post desabafo, mas eu tava precisando.... 
Por fim, só mais uma musica que despensa palavras...


Eu só digo o que penso e quero dizer o que eu digo
Agindo submissa, agindo frágil, essas coisas me deixam doente
O que acha?
Quero dizer que não gosto do que não gosto
Você me diz o que eu tenho que fazer
Eu não me importo, eu não tento, eu não finjo
Por favor, só se preocupe consigo mesmo, Oh

Sinto muito mas encontre o que anda procurando em outro lugar
Brincando com sua boca (palavras) como seu fosse sua língua
Eu não dou a mínima
Dou a mínima, dou a mínima. Não quero dizer mais nada

Então me fale, me diga tudo com honestidade
Só por um dia, coloque tudo de lado
O que quer que diga
Que diga, que diga, eu nunca irei rotular você (Sinto muito)

Não posso suportar ser falsa, não posso viver dessa maneira
Agindo assim, fingindo desse jeito, não posso suportar isso
Não posso evitar, é assim que eu sou
Então, o que acontece se eu usar uma linguagem um pouco bruta?
Você usa uma linguagem pior quando eu não estou por perto
Eu não me importo, eu não tento, eu não finjo
Por favor só se preocupe consigo mesmo, Oh


Gain - Bad Temper ]


Um Comentário

  1. Pois é. Hoje eu estou de mal humor.
    Fui dormir assim e não melhorei quando acordei, então estou torcendo muito pra que isso seja TPM.

    "Das horas emos, ataques mórbidos de fofura e claro os ataques de FODA-SE, e momentos até gays de tanto surto." ...
    Infelizmente esse é meu estado quando estou feliz.

    ..."porque ficamos bobas com demonstrações de afeto"
    Vixi é verdade, eu fico tão boba... Credo, cê precisa de ver.

    "nesses momentos que fico p*** com a pessoas querendo me mudar, insistindo para que eu faça as coisas de um assim e não assado. Faça essa escolha e não aquela outra. Que escreva sei-lá, cozido e não grelhado"
    Tava revoltada com isso um dia desses, se eu for mesmo comentar o que eu quero (porque queria muito comentar isso um outro dia) passaria a escrever só sobre isso... Mas, porque as pessoas pensam que sabem o que é melhor para gente? Porque pensam que o que é melhor para elas, tem que ser para a gente?

    É, acho que eu teria que copiar a colar o texto todo pra ir comentando! ^^
    Te entendo perfeitamente.

    Beijos~3

    P.S. Estou gostando que só das músicas. Ainda não terminei de ver todos os vídeos, mas as da P!NK eu adorei. ^^

    ResponderExcluir