Vim aqui falar sobre duas doenças graves que muitas leitoras (de livros ou fanfics, e até aquelas que acompanham dramas/séries) tendem a desenvolver.  A primeira delas, dá qual sou uma infeliz portadora é a Síndrome de Final.
Do latim, “Finalus adiadus”. O paciente que sofre dessa enfermidade tem uma grande tendência a procrastinar a chegada do final de um livro (fanfic, série ou drama), geralmente por se apegar demais a história ou á algum personagem da mesma, criando um vínculo forte com o objeto em questão. Seus principais sintomas são ler ou assistir muito lentamente o item desengatilhador da síndrome, podendo em alguns casos fazer com que seu portador releia/reveja capítulos e cenas já conhecidas pelos simples fato de não conseguir avançar no desenrolar da trama, já que isso consequentemente retarda a temida aproximação do final.
Só depois de uma grande resistência e luta de seus anticorpos literários/dramaholics é que o enfermo consegue enfim, com muita terapia mental e perseverança, acompanhar o decorrer da história. O que muitas vezes acaba então por causar a segunda moléstia tema desse post. A ainda mais temida, Depressão Pós Final.
Do latim “noquerium queacabalus”; esse distúrbio – que também pode existir sem a presença do primeiro – faz com que aqueles que dele sofrem passem por um estado catatônico imediatamente após o termino do seu objeto de afeto. Há registo de negação, sendo um dos sintomas mais comuns a inconformidade perante a falta de novas páginas/capítulos/episódios a serem absorvidos.
A Depressão Pós Fim também pode gerar choro, soluços e choramingo, e em pacientes com uma agressividade encubada ainda é comum outros efeitos colaterais como ameaça mental a autores, diretores e roteirista, que podem ser ainda mais agravados nos casos em que o enfermo não gostou do final, gerando desejos assassinos para com os supracitados.
Se você sentiu qualquer um desses sintomas alguma vez não sinta medo, procure os postos de terapia mais conhecidos como bibliotecas, livrarias, locadoras ou sites distribuidores. Lá poderá encontrar uma infinidade de novas dosagens de outros livros/dramas/séries/fanfics para conhecer, e controlar os efeitos das duas síndromes, ao menos até a próxima crise, já que a doença é incurável.
Além disso, você pode fazer parte do nosso Grupo De Apoio Aos Portadores de Síndrome De Final e Depressão Pós Fim. Basta usar a caixa de comentários abaixo e desabafar sua indignação sobre o que lhe causou o ultimo surto, que responderei e apoiarei a sua causa.

Por: Priscila Santos.


6 Comentários

  1. Velho, primeiro deixa eu bater palmas pela criatividade. Sério, eu adorei os nomes em latim e ri muito.
    Segundo que eu sofro de Depressão Pós-Fim. Na verdade, faz mais de um mês que eu estou enrolando pra ler "O Fim" de Desventuras Em Série. Por motivos óbvios de não querer mais viver sem os órfãos Baudelaire e Count Olaf. ): Já até comecei um livro novo - o qual já estou na metade - e sempre que vejo o exemplar lindo com as bordas em verde sinto vontade de chorar porque TÁ ACABANDO. ;A; Olha meu depoimento que lindo, podia ter um post só falando da minha experiência. <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. *Fazendo reverencia* kkkk dorgas é isso que aconteceu nos nomes em latim XD
      Thiarlley bem vinda a sessão de apoio! Devo dizer que me solidarizo com sua causa de final de saga. Tô na mesma com Finale o ultimo de Hush Hush que tá ali do ladinho. E sou a favor do seu post com depoimento de experiência, faça que vou lá comentar ♥

      Excluir
  2. Acho que da Síndrome de Final eu não sofro. A não ser que os personagens do livro em questão sejam extremamente chatos, ou eu tenha uma overdose do autor(a) [Cassandra Clare - 3,5 livros em menos de 12 dias =X] eu não paro de ler... Já a Depressão Pós Final eu tenho... As vezes demoro semanas p/ me recompor e conseguir começar um novo livro... D:

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os da Cassandra foi demais Thai, você simplesmente engoliu os livros dela. FATO. Bem vinda a sessão de apoio, e vamos ali tomar um café e falar do ultimo que você leu /apanha

      Excluir
  3. Amei o post!!! Eu com certeza tenho isso! hahaha
    Beijinhos

    Am
    http://vinteepoucos.com.br/

    ResponderExcluir
  4. De fato essas doenças são gravíssimas! Conheço casos de pessoas que enlouqueceram por conta delas. É algo realmente muito triste.
    Devo confessar que não sofro da primeira doença, uma vez que adotei o método "1 a 2 capítulos por dia" (ok, talvez isso seja uma antecipação da Síndrome do Final, mas...). Algumas vezes acho que isso acaba agravando o estado da segunda doença, já que passo um tempo relativamente maior e acabo ficando uma, as vezes até duas semanas, sem conseguir me desligar do dito cujo e partir para outra.
    Enfim, foi ótimo desabafar aqui!

    ResponderExcluir