Era uma vez uma garota que vivia num reino distante. Seu hooby: escrever pergaminhos com contos e outros escritos. Ela costumava mandá-los para serem publicados em um folhetim de um dos reinos mais ' Sweet' que conhecia,  e nesse mesmo folhetim ela também ajudava para que as histórias de outras escribas fossem conhecidas. 
Numa bela tarde de março uma dessas garotas, buscando ajuda do folhetim, entrou em contanto com a primeira, pedindo para que ela lhe ajudasse a mandar sua história para logo ficasse conhecida no tão doce reino. Elas conversaram, fizeram algumas alterações naquele conto e então o enviaram para o folhetim.  A história foi aprovada – mesmo a segunda garota achando que não estava tão boa, mal sabia ela que a garota do folhetim adorara sua hitoria!
Elas continuaram mantendo contato, e não só para falar dos assuntos 'de trabalho'. Com o tempo, elas passaram a se falar porque gostavam da companhia uma da outra. Mesmo que por simples letras e mensagens que cortavam a distância enorme entre os reinos. O vinculo foi crescendo, e o sentimento de proteção mutua também, era como ter uma irmã de famílias diferentes. Amavam-se como tal.  Elas se ajudavam, davam 'colo', aconselhavam-se para aquele 'baile' que aconteceria na província, tentavam animar a que estava triste e ameaçavam aqueles 'valentões' que se metiam a fortes ou espertos nos respectivos reinos.
Às vezes tinham uma maneira estranha de demonstrar afeto, fazendo 'brincadeiras' que deixavam a outra irritada por apelidos ou sugestões – nem sempre sutis a idade –, e claro eram ótimas cúpidos uma das outras! O que rendia mais implicância ainda. Adoravam ver a amiga em um estado in love, principalmente quando recente, e só faltavam querer bater no pretendente por ele ser lerdo, e até mesmo na própria garota. Em tempos mais drásticos poderiam pensar até, quem sabe, em trancá-los em um quarto até que se resolvessem. Mas todo o 'bullying' era praticado com muito amor. Deus sabe o que poderia acontecer se morassem muito próximas!
É verdade que a distância era grande entre elas, mas distância física não importa quando não é distância entre os sentimentos. Não interfere, o afeto é o mesmo, ou até maior do que com pessoas que estão ali na clareira ao lado. E contrário a isso, com todas as histórias que as duas tinham feito juntas – e dessa vez não falo dos contos – elas apenas se sentiam mais próximas. E isso só tinha chances de continuar crescendo...

Primeiro, não me pergunte de onde eu tirei a ideia pro texto pois saiu assim, ta flop, mas talvez agrade porque tu gosta de flop *corre* Thi sua linda *agarra*, Ahjumma queria fazer alguma coisa pra não deixar o dia passar em branco, 2 anos hoje e espero que sejam só os primeiros*w* Você é uma estrelinha brilhante na minha vida e eu não tenho como agradecer a paciência que tu tens comigo. Sério, é muita pra me aguentar, e antes que diga, você não é difícil nem nada okay? É um bolinho de brigadeiro. Você sabe o quão especial é pra mim... 사랑해!


6 Comentários

  1. Caaaaaaaaaaaaaaaara, sabia que tinha algo rolando. Eu toda esperando drama porque eu ia sair e você toda "Pode ir, vai lá, descansa, sai", estava até me sentindo mal. lol MANO, QUE LINDO. Eu achei fofo, nada de flop ok. Sério, "pergaminhos" "reinos", mano que coisa fofa. Só faltou você colocar a gente usando vestidos longos e bonitos. ): Imaginei tudo e ficou muito fofo. ): E aliás, faltou você falando que uma dessas garotas usa "Um vocabulário um tanto rude, sendo reprovada pelos demais" S~ÇDLA~ÇLÇSALD~ÇL
    Cara, eu te amo demais. ): E eu estou extremamente feliz por estarmos juntas por dois anos. Ignore todo e qualquer lesbianismo aqui, haha. Sério, obrigada por cuidar de mim, independente da distância. Me dando broncas, e principalmente apelidinhos NADA carinhosos~~~~ E quem venham mais mil anos. <3 AGORA VEM CÁ AHJUMMA, DEIXA EU TE DAR UM ABRAÇO, não pera, eu vou até você, velhos geralmente tem dificuldade para se locomover. :| *corre* TE AMO TIA PRYH <33333

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sas pessoa que não deixa de zuar com a idade alheia nem na hora de agradecer né? Vou te contar ♪ Seu não te amasse tanto assim ♫ te dava uns tapa na cabeça! kkkk
      Sobre os vocabulários, a gente guarda essa parte em off porque ele é contagioso FATÃO!
      Os vestidos eu deixou pra tu imaginar o/

      Te amo dongsaeng feat fiote PIRALHA do meu core

      Excluir
  2. E mano, sabe o que eu percebi? Que ano passado, eu te fiz um texto e você me deu uma fic. Esse ano a gente fez o contrário sem nem perceber LOL

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não tinha notado isso o.O
      *se tu falar que é a idade vou te dar a bengalada que tinha prometido ok? ok* kkk
      Enfim to amando sua fic okay?

      Excluir