OTOKE!?!

 

Não sei se vocês já descobriram o quão desesperador é perder o celular, principalmente se assim como eu fazem uso das notas para fazer lembretes que não salvou em outro luar. Ontem a noite perdi meu celular – o esqueci no ônibus que faz o transporto dos alunos da minha cidade para Franca/SP.
Bem, a primeira e mais obvia coisa que fiz foi ligar no meu numero para ver se atendiam, mas a pessoa havia deligado o celular. Dai já pensei, “Ferrou tudo, jogaram meu chip fora e tão usando meu cel”. Foi nesse momento que surtei de vez, porque lembrei dos arquivos  com anotações de pesquisas que estavam nele e eu ainda não havia passado para o note.
 Enfim, a segunda coisa que fiz foi anotar o que eu me lembrava desde o momento  que o usei a ultima vez, antes de entrar no busão, o horário que desci, e quando dei falta do cel. Isso ajudaria na hora de fazer o boletim de ocorrência. Já que pedem informações de local e data/horário do fato. Outra coisa necessária é o IMEI, um numero de registro único para cada aparelho celular existente no mundo, é como o RG do aparelho. Através desse numero você consegue bloquear o aparelho.
Dai, depois de uma ideia radom que eu nem sei se ia dar certo – cruzar a lista de alunos com compradores  que viajam no bus com a de compradores de novos chips na única loja da ctbc daqui da data que perdi até uma semana depois. Acho que tava com a Kalinda encarnada nessa hora porque né?
Enfim, depois dessa ideia sem noção parti para pesquisas sobre rastreamento. Onde primeiro me deparei com o seguinte texto.
“O sistema GSM possui mecanismos que identificam em qual antena determinado celular está conectado. Desta maneira, através da localização geográfica das antenas da operadora, é possível determinar em que região o telefone celular está conectado. Porém, o telefone celular precisa estar ligado. Caso contrário, será possível identificar apenas a última região em que o telefone estava ligado.”
Daí surgiu a duvida se o rastreamento era feito pelo IMEI ou pelo Chip dele mesmo. Depois de mais algum tempo de pesquisa descobri que dá sim para rastrear pelo IMEI. No entanto, “atualmente o rastreamento de aparelhos celular só será possível se houver um mandato judicial. As operadoras de aparelho celular até podem fazer o rastreamento caso o contato possa deixar explicito que é o dono do aparelho celular, mas não o faram sem um mandato judicial, pois este processo requer tempo e pessoal disponível para efetivar o rastreamento. Se seu aparelho celular tiver um dispositivo chamado GPS (Sistema de posicionamento global), você mesmo poderá fazer o rastreamento do aparelho celular utilizando-se de um computador.”
Enfim, bem complicado conseguir um mandato judicial, então melhor apelar para a segunda opção. Felizmente consegui recuperar meu aparelho, o motorista do ônibus o encontrou e me ligou hoje de manhã. (Fazia tempos que não sentia um alivio tão grande como quando recebi a ligação.)
Mas, como consegui achar um tutorial de como instalar o programinha que rastreia via GPS decidi compartilhar aqui.
Esse blog aqui tem um tutorial passo a passa do fácil entendimento do modo como é feito. Vale a pena conferir.

Créditos:


Um Comentário

  1. hoje em dia rastreador e GPS é muito util,para achar e ser achado,semana passada eu perdi meu celular ai eu fui no http://rastreamentodecelular.org e to com ele na mão,tecnologia hoje em dia é foda!!!

    ResponderExcluir